Papa aceita renúncia de dom Vicente Costa

A Santa Sé anunciou, nesta quarta-feira, 15 de junho, a decisão do Papa Francisco em aceitar o pedido de renúncia apresentado por dom Vicente Costa ao governo pastoral da diocese de Jundiaí (SP), por motivo de idade.

Dom Vicente Costa

Natural de Birkirkara, Ilha de Malta (Europa), dom Vicente Costa nasceu em 1º de janeiro de 1947. Fez seus estudos primários na escola governamental de Birkirkara, de 1954 a 1957; os estudos secundários no seminário menor em Floriana, de 1958 a 1963. De 1964 a 1968 fez a faculdade de Filosofia na Universidade de Malta. Veio para o Brasil onde cursou a faculdade de Teologia no Studium Theologicum, em Curitiba, de 1969 a 1971.

Nos anos de 1971 e 1972 fez o doutorado na pontifícia universidade Gregoriana, em Roma. Aos 17 de dezembro de 1972 foi ordenado sacerdote. Foi vigário paroquial da catedral Nossa Senhora da Glória em Maringá, em 1973; foi pároco em São Jorge do Ivaí, de 1974 a 1978; foi pároco em Sarandi, no Paraná, de 1979 a 1984; coordenador arquidiocesano de Pastoral de 1985 a 1987 e de 1991 a 1994; estudou novamente em Roma, de 1987 a 1991; foi vigário paroquial da catedral, novamente em Maringá, de 1994 a 1997; foi professor no Instituto Paulo VI em Londrina, de 1991 a 1997, e professor no Centro Interdiocesano de Teologia (CINTEC), em Cascavel, de 1996 a 1998.

Ele foi ordenado bispo em 1º de julho de 1998, em Maringá (PR). Ele foi bispo da diocese de Umuarama (PR) no período de 9 de outubro de 2002 até 28 de fevereiro de 2010. Antes, ele foi bispo auxiliar da diocese de Londrina (PR), entre os anos 1998 a 2002. Seu lema episcopal é “Fazei tudo o que Ele vos disser (Jo 2, 5)”. Em 7 de março de 2010, tomou posse como o quinto bispo de Jundiaí.


Fonte: CNBB (Papa aceita renúncia de dom Vicente Costa e nomeia dom Arnaldo Carvalheiro Neto como novo bispo de Jundiaí (SP) – CNBB)

Comentários